Observação de Aves

Os Açores são reconhecidos internacionalmente como destino obrigatório para a Observação de Aves, com 33 espécies nidificantes e mais de 400 espécies registadas. Na Ilha de São Miguel, o priôlo e o milhafre são as aves de eleição.

 

Sabia que o nome “Açores” teve origem num engano? Os primeiros povoadores, ao avistarem milhafres-dos-açores (Buteo buteo rothschildi), confundiram-nos com açores (Accipiter gentilis) e devido à sua quantidade deram esse mesmo nome ao arquipélago.

Para além do milhafre-dos-açores, a Ilha de São Miguel alberga espécies e subespécies únicas de aves, algumas delas endémicas, como o priôlo (Pyrrhula murina) e a estrelinha-de-poupa (Regulus regulus azoricus). O priôlo só é observável na Serra da Tronqueira, onde ainda existe a floresta nativa.

Também existem inúmeras aves migratórias que param aqui devido às lagoas e massas de água, como patos, mergulhões e garças. O mesmo acontece com as aves marinhas, caso dos garajaus (Sterna spp.) e cagarros (Calonectris diomedea borealis), que utilizam zonas costeiras e ilhéus ao longo da ilha como local de nidificação.

Para mais informação sobre locais de observação de aves em São Miguel clique aqui,

Aves dos Açoreshttps://avesdosazores.wordpress.com/onde-observar/sao-miguel/

 

– GeoFun – http://www.geo-fun.com/